sábado, 13 de junho de 2015

Não é um caso isolado


Dalila, três noites na casinha do cachorro: escravidão em pleno século 21



Viomundo


publicado em 12 de junho de 2015 às 10:06






da Redação

A patroa manteve Dalila três noites dormindo na casinha do cachorro. Aconteceu de verdade, no interior de Goiás. Dalila, agora aos 28 anos, denuncia o que viveu entre os 5 e os 11 anos de idade, quando foi praticamente escrava de uma família. Não é um caso isolado, como vai mostrar a reportagem de Gustavo Costa, Lúcio Sturm e Marcelo Magalhães na próxima segunda-feira, no Repórter Record Investigação, às 22h30m. Como o caso de Dalila, há outros 57 em investigação: meninas negras, originárias do quilombo Kalunga, escravizadas por famílias brancas, com pelo menos um caso de “leilão” de virgens quilombolas por 100 reais. Terrível.


Leia também:

A técnica do Revoltados Online para arrecadar: provocação profissional
Postar um comentário